Três Dicas Para Evitar Uma Ação Trabalhista Na Sua Empresa



Olha que história triste desse proprietário de uma padaria no interior do Mato Grosso do Sul.

Em época de frio era comum essa padaria servir uma espécie de Sopa/ Caldo para os seus clientes nos finais de tarde. Ele tinha duas empregadas que preparavam o local para servir.


Para isso, essas empregadas tinham que encher de álcool um pequeno reservatório para manter as panelas quentes com fogo.


Certa vez uma dessas empregadas acabou colocando o álcool com esse reservatório aceso e de repente o álcool em gel caiu na sua pele queimando seus braços e suas pernas deixando graves ferimentos.


Ele prontamente pegou essa empregada e levou até o hospital, dando toda assistência e pagando todos os custos. Após a alta, a empregada teve sérios ferimentos e danos estéticos com queimaduras graves.


Mesmo após o dono da padaria ter prestado todo o auxílio e socorro possível, a empregada entrou com uma ação por acidente de trabalho cujas indenizações passaram de 300 mil reais.


Esse valor era inviável para uma padaria que faturava 15 mil reais líquidos por mês. E o que aconteceu?


O dono da padaria teve que fechar seu negócio por conta dos bloqueios judiciais que pegavam todos os valores que entravam.


Parece triste essa história, porém é algo que acontece com frequência. Empresas fechando por ações trabalhistas.


Há uma forma de se evitar que sua empresa chegue nesse nível através da prevenção e aqui, vão 3 dicas simples para você evitar ações.


Dica 1 – Treinamento – promova sempre treinamentos para o trabalho, seja para o uso de Equipamentos de Proteção, seja para uso de maquinário, seja para qualquer atividade inerente a função do empregado. Isso evitaria esse tipo de acidente.


Dica 2 – Forneça sempre os melhores EPIs e com certificado de aprovação pelo Ministério do Trabalho e Emprego. EPIs eficientes afastam não somente os acidentes, porém o risco de insalubridade e periculosidade a depender das condições de trabalho.


Dica 3 – Fiscalize a prestação de serviço. Veja sempre se o empregado está obedecendo as ordens do patrão e exercendo suas atividades com segurança. Caso o empregado não esteja, pode ser penalizado com advertências, suspensões e até mesmo uma justa causa.


Dicas como essas podem evitar você fechar o seu negócio de uma vida inteira por conta de uma ação trabalhista.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo